Expert dá dicas de como usar os batons roxo, azul, preto e o queridinho marsala

 Os batons estão no topo das tendências de maquiagem e um dos mais falados é o batom líquido, que oferece uma cobertura matte. Justamente por esse efeito, algumas mulheres ficam na dúvida se o produto acaba ou não ressecando os lábios. “É bom investir em batons de qualidade, para não ter os lábios ressecados, mesmo os batons líquidos, com efeito matte, não ressecam a boca, tudo depende da qualidade do cosmético escolhido”, afirma Laís  Zacarias, expert do Studio Garden Hair Design.

Para quem fica com receio de que os batons líquidos causem ressecamento, a profissional ainda dá a dica de usar hidratantes labiais antes do batom. Ela só alerta para ter cuidado ao aplicar cores escuras. “A maioria deles também é mais difícil de retirar, então um borrão pode comprometer todo look”.

Dica de expert para usar batons líquidos

Faça um contorno ao redor da boca com a base do mesmo tom e, com a ajuda de um pincel, ou até mesmo de um cotonete dê o acabamento. Você ainda pode finalizar com um pó translúcido, para selar a base e o batom.

Cores de batons para a temporada

O batom roxo virou o queridinho da estação e foi visto na boca de diversas mulheres pelas ruas. Famosas como Giovanna Ewbank, Rihanna e a cantora Lorde, também apostaram nele. O batom roxo chama a atenção por ser uma cor forte, que passa uma mensagem de muita personalidade e a cor deve continuar em alta nas próximas estações. Esses tons mais escuros de batom estão liberados para os diversos tons de pele. “Quanto maior o contraste entre a cor do batom e a tonalidade da pele, mais ele vai se destacar”, diz.

A dica dela para quem deseja apostar nas cores fortes de batom, é harmonizar o look, usando o azul e o roxo em peles frias, o marsala em peles mais quentes, e o preto – que pela ausência de cor – vale para todas. As cores marsala, roxo e tons derivados do vermelho podem ser usadas em qualquer momento do dia. Porém, a expert alerta que tonalidades como o azul devem ser evitadas no caso de uma reunião de negócios. “A não ser que você trabalhe em alguma área que valorize a moda e a criatividade! Mas, um toque de ousadia para um happy hour já está valendo”, conclui.

 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.