502 Views |  Like

Como usar o protetor solar corretamente?

Dermatologista ensina a melhor forma de usar o protetor e dá dicas para se cuidar em tempos de calor

Mesmo sem o verão ter chegado oficialmente, as altas temperaturas já estão aí e, com elas, o sol, cada vez mais forte. “Os cuidados com a pele são importantes o ano todo, seja na praia ou no escritório, mas nesse período é preciso redobrar a atenção. Todos sabem que devem usar protetor solar, só que muitos desconhecem a forma mais adequada de fazê-lo”, comenta Bruno Vargas, dermatologista da Clínica Inovatto. Engana-se quem pensa que o incômodo e a vermelhidão não são os únicos problemas de tomar sol sem proteção. Bruno lembra que a incidência excessiva dos raios ultravioletas pode trazer consequência em longo prazo. Por isso, ele orienta como usar o protetor solar de maneira correta. Fique por dentro!

Saiba escolher o protetor solar ideal

Comece prestando atenção na escolha do produto: o primeiro ponto que deve ser observado é o fator de proteção. “Independentemente do tom de pele, o fator de proteção solar (FPS) mínimo deve ser 15”, conta.  O dermatologista explica que este fator deve aumentar a medida que a pele em questão for mais clara. “A melanina produzida na pele é uma defesa natural do organismo à incidência de luz. Quanto maior a exposição, mais melanina e, consequentemente, maior o bronzeado. Por isso, quem tem a pele mais clara está mais exposto”, explica.

Agora, pessoas com mais idade ou com manchas na pele, precisam ter atenção redobrada e utilizar produtos com FPS50 ou 60. Esta regra vale também para as crianças, que devem receber proteção solar de, no mínimo, 40. No caso dos bebês com até seis meses e que ainda não podem receber protetor solar, recomenda-se tomar apenas 10 minutos de sol por dia, isso antes das 9h da manhã.

Para quem utiliza regularmente hidratantes, bases e cremes anti-idade, o mais recomendado é optar pelos que contêm filtro. Na praia, areia e sal potencializam o efeito dos raios ultravioleta (UV), o que exige ainda mais cuidado. “O tempo de exposição às radiações solares e o horário também devem ser observados. Além disso, outras alternativas auxiliam na proteção, como buscar lugares à sombra ou usar chapéu e guarda-sol”, recomenda Vargas.

Fique também de olho na apresentação do produto, um diferencial que varia conforme o tipo de pele. Os produtos sem óleo, em sérum e gel, são ideais para quem tem pele mista, oleosa ou com acne. Mousse e creme, são mais indicados para peles secas ou sensíveis Já as versões mais recomendadas para as áreas com pelos e o couro cabeludo são as em aerossol.

5 dicas sobre o uso do protetor solar

– Passe o produto 30 minutos antes de ir à praia ou piscina e antes de vestir a roupa de banho;

– Retoque cada vez que sair da água, lembrando-se de se enxugar antes;

– Se estiver fazendo exercícios, retoque a cada 2 horas. Caso contrário, a cada 4 horas;

– Para cada membro, tórax e abdômen, utilize mais ou menos uma colher de sobremesa de protetor. Metade dessa quantia no rosto, orelhas e pescoço;

– Roupas azuis, vermelhas ou amarelas são mais indicadas para quem se expõe muito ao sol.

Informações: www.inovatto.com